23 fevereiro, 2016

Pavê de morango

Achei essa receita de pavê de morango no meu livro de receitas mais antigo, que ganhei quando era criança e preenchia com receitas que via na televisão [criança que via receitas na TV como se tivesse 35 anos de idade] ou que minhas tias me ensinavam. Lembro de ter feito algumas vezes quando tinha uns 12 ou 13 anos e depois acabou caindo no esquecimento. Fiz novamente esses dias e mudei algumas coisinhas [pra não perder o costume]. Ficou boa heim? 🙂

Fatia de pavê de morango

Yummy!

A receita tem algumas etapas, mas nenhuma delas é difícil de preparar. Prometo!

Os morangos do recheio serão macerados pra soltar todo o líquido e depois escorridos, senão o pavê fica cheio d’água e estraga muito mais rápido. O líquido do morango será usado pra umedecer as bolachas. 😉

morangos macerados

Morangos macerados. Dá pra levar de lanchinho no trabalho também. 😉

O creme do pavê é bem aveludado e rapidinho de bater. A dica é deixar as latas de creme de leite na geladeira algumas horas antes de abrí-las para ser mais fácil de tirar o soro.

creme para pavê de morango

Creme beeem macio

Na montagem as camadas são assim: metade das bolachas úmidas, metade dos morangos, todo o creme, o restante das bolachas, a outra parte dos morangos, chantilly pra finalizar e depois os morangos pra decorar. Tem que caprichar, heim?

Primeira camada...

Primeira camada…

Lá vai a receita toda explicadinha em detalhes. Se tiverem dúvidas, mandem pelos comentários ou através do formulário de contato.
Aaah, o pavê dura no máximo 3 dias em geladeira porque o morango é bem sensível, ok? 😉

INGREDIENTES

Para os morangos

  • 3 caixas de morangos (2 e 1/2 caixas serão usadas no recheio e o restante dos morangos na decoração)
  • 6 colheres de sopa de açúcar

Para o creme

  • 200g de manteiga sem sal (1 tablete) em temperatura ambiente
  • 4 gemas peneiradas (sem a pele)
  • 1 e 1/2 xícaras de chá de açúcar
  • 2 latas de creme de leite sem o soro (deixar gelar antes de abrir para facilitar a retirada do soro)

Para o chantilly (cobertura)

  • 500 mL de creme de leite fresco / pasteurizado (uma garrafinha)
  • 4 colheres de sopa de açúcar

Para a montagem

  • 2 pacotes de biscoito champanhe (300g)
  • 150 mL de leite integral
  • 1 colher de sopa de licor de amarula (opcional)
  • Morangos macerados com açúcar
  • Creme
  • Chantilly

PREPARO

Para os morangos

– Escolha os morangos mais bonitos para decorar o pavê e reserve
– Lave os outros morangos e retire as folhas. Corte-os e misture o açúcar. Deixe descansando enquanto prepara o restante da receita.

Para o creme

– Bata na batedeira a manteiga, o açúcar e as gemas em velocidade média até que se forme um creme branco e fofo.
– Acrescente o creme de leite e bata mais um pouco até que tudo se misture bem. Reserve o creme.

Para o chantilly

– Deixe o creme de leite fresco por uns 20 minutos no freezer antes de usar.
– Bata na batedeira junto com o açúcar em velocidade alta até que se formem picos firmes.

Para a montagem

– Coe os morangos picados. Na calda, adicione o leite e o Amarula e misture. Essa calda será usada para umedecer os biscoitos.
– Molhe os biscoitos dos dois lados na calda e os acomode em um refratário.
– Por cima da camada de biscoitos, coloque metade dos morangos picados e então despeje o creme. Acomode a outra metade dos biscoitos, também úmidos com a calda e o restante dos morangos. Por último coloque o chantilly. Pode ser usando um bico de confeitar ou colheradas de chantilly. Usei o bico 4B da Wilton para decorar o meu pavê.
– Decore com os morangos e leve pra gelar por pelo menos 4 horas antes de servir.
– Resumindo a ordem da montagem: biscoitos, morangos, creme, biscoitos, morangos, chantilly.

pavê de morangos

Tcharaaam: pavê de morango cheio de camadas 🙂

 

Ana Luiza
Facebook Twitter Pinterest Email
Deixe um Comentário
Deixe o seu comentário

Para usar uma imagem em seu avatar, cadastre-se em gravatar.com.